Web Rádio Nova Voz de Soledade

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Geração de energia eólica faz Brasil dobrar a redução de emissão de CO2

Do Portal Brasil

INFRAESTRUTURA
Estimativa do setor é que a redução da poluição do ar graças à energia eólica se intensifique nos próximos anos

A geração de energia eólica no Brasil evitou a emissão de um milhão de toneladas de CO2 na atmosfera no primeiro semestre de 2014. Isso contribuirá para que o País chegue ao final do ano com um recorde de 3,25 milhões de toneladas mitigadas, duas vezes mais do que o total reduzido em 2013 (1,6 milhão de toneladas). Os dados são da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica).
A estimativa é que a redução da poluição do ar graças à energia eólica se intensifique nos próximos anos porque o Brasil está investindo pesadamente no setor. Em média, são R$ 15 bilhões anualmente na construção de parques eólicos, expandindo de forma significativa a geração desse tipo de energia e contribuindo para reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera.
“O Brasil é um dos países que mais está expandindo sua capacidade eólica no mundo”, observa Élbia Melo, presidente da Abeeólica. Com o aumento do investimento, o mercado brasileiro está se tornando cada vez mais atraente a investidores externos. “Até 2018, deveremos gerar 120 mil postos na cadeia produtiva como um todo, desde a fabricação até a instalação dos aerogeradores”, afirma Élbia.
As regiões brasileiras com melhores condições para receber parques eólicos são o Nordeste e o Sul.
Fonte:


quinta-feira, 4 de setembro de 2014

EUCALIPTO TRANSGÊNICO – O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Fonte: Em Pratos Limpos

Em pratos limpos » EUCALIPTO TRANSGÊNICO – O QUE VOCÊ PRECISA SABER

No próximo dia 4 de setembro será realizada em Brasília audiência pública sobre o eucalipto transgênico [1].
A Futuragene/Suzano quer fazer do Brasil o único país do mundo a liberar essa tecnologia. Mas a própria empresa reconhece que não avaliou os efeitos da modificação genética que faz a planta aumentar a produção de madeira [2]. Além disso, afirma que faltou tempo para estudar seu impacto sobre as abelhas e sobre a produção do mel [3].
As abelhas são os principais polinizadores dos eucaliptos e o mel é produto de elevado valor medicinal e nutricional. A empresa reconhece que as abelhas voam distâncias superiores a 6 km e que outras plantações podem ser contaminadas [4], mas alega que isso não é um problema pois os plantios hoje são feitos a partir de clones e não de mudas produzidas a partir de sementes. Acontece que só em 2013 o Instituto de Pesquisas Florestais comercializou 525 kg de sementes de eucaliptos [5], que seriam suficientes para plantar mais de 10.000 ha.
A empresa também deixou de avaliar os aspectos nutricionais do mel produzido por abelhas que visitaram as árvores transgênicas e não realizou nenhum experimento sobre sua toxicidade e alergenicidade [6]. Assim, não se pode dizer se é ou não seguro consumir esse mel.
O que acontecerá com os apiários e produção de mel? E a produção orgânica de mel, própolis, pólen e geleia real?
Certificados socioambientais como o FSC não aceitam a produção de árvores transgênicas [7].
A empresa diz que esse eucalipto transgênico é mais produtivo e assim não será necessário avançar sobre áreas nativas. Já o setor da silvicultura projeta expansão de 50% até 2020, chegando a 9 milhões de hectares [8].
Hoje não há estudos disponíveis para se avaliar os potenciais impactos do eucalipto transgênico. Sem essas informações não se pode tomar uma decisão confiável sobre liberá-lo ou não. É isso o que diz o Princípio da Precaução, que está no artigo 1º da lei de biossegurança (Lei 11.105, de 24 de março de 2005).

[1] A partir das 14h no auditório do CNPq, SHIS, Quadra 1, Lago Sul.
[2] Ex. p.12, 56, 67 e 69 do dossiê disponível em http://bit.ly/eucaliptoGM
[3] Idem, p. 17, 76 e 134.
[4] Ibidem, p. 225.
[5] Ibidem, p. 11, 13, 125, 129.
[6] Relatório IPEF 2013.
[8] ABRAF, 2011.



Ebola: União Africana fará reunião de emergência na segunda-feira

Da Agência Brasil
A União Africana anunciou hoje (4), em nota, que fará reunião de emergência na próxima segunda-feira (8) para definir uma estratégia do continente de combate à epidemia de ebola, que atinge a África Ocidental e já matou 1.900 pessoas.

O Conselho Executivo da União Africana adiantou que a reunião, na sede da organização, em Adis Abeba (Etiópia), vai examinar as medidas de suspensão de voos, o fechamento de portos e fronteiras e a "estigmatização dos países afetados e dos seus cidadãos”.

Segundo o comunicado, a reunião atende à necessidade de se ter uma visão comum do vírus ebola e de adotar uma abordagem coletiva em todo o continente, que leve em conta o impacto sociopolítico e econômico.

A organização pan-africana destaca que os países-membros estão preocupados com o fechamento de fronteiras e a suspensão de serviços aéreos, determinados por alguns países africanos, lembrando que isso poderá, "em última instância, aumentar o sofrimento" já causado pelo ebola.

A Organização Mundial da Saúde divulgou, nessa quarta-feira (3), o último balanço sobre a febre hemorrágica, anunciando que já foram registrados mais de 1.900 mortes entre 3.500 casos na África Ocidental.

Os números indicam clara progressão em relação ao balanço divulgado na semana passada, quando havia cerca de 1.500 mortos em 3 mil casos.

Os países mais afetados são a Libéria, Serra Leoa e a Guiné Conacri. A Nigéria é também atingida, e um cidadão que viajou da Guiné Conacri foi registrado como o primeiro caso no Senegal.

info_ebola
Da Agência Lusa

Indústria volta a crescer, indica CNI

 Da Agência Brasil
Daniel Lima - Repórter da Agência Brasil Edição: Denise Griesinger

A atividade industrial cresceu em julho, informou hoje (4) a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) avançou 0,6 ponto percentual, registrando no mês 81% ante os 80,4% registrados em junho, na comparação dessazonalizada - ou seja, excluídos os dados temporais.

É o primeiro crescimento após quatro meses seguidos de retração no setor. As horas trabalhadas na produção industrial subiram 2,6% em comparação a junho e o faturamento real cresceu 1,2% no mesmo tipo de comparação.

Tanto o emprego no setor como a massa salarial registraram recuo idênticos de 0,2%. Já o rendimento médio real do trabalhador variou 0,1%.

Para a CNI, os indicadores foram afetados pela Copa do Mundo, com menor número de dias úteis em junho na comparação com julho. A confederação avalia também que mesmo com o crescimento das horas trabalhadas, do faturamento e do uso do parque industrial, o quadro na indústria ainda é de desaquecimento. Isso porque o mercado de trabalho registrou a quinta queda consecutiva em julho - com emprego e massa salarial real em queda de 0,2%.
"O número de jogos foram maior em junho do que em julho. [No entanto] o efeito sazonal não pega a Copa do Mundo porque é um fator atípico. Só dá para eliminar dados padrões quando falamos em dados dessazonalizados ", disse Flávio Castelo Branco, gerente executivo  da CNI.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Política - Lista com candidatos registrados na Justiça Eleitoral será divulgada amanhã

Da Agência Brasil
     A apenas um dia da divulgação da lista de candidatos registrados pela Justiça Eleitoral a pedido dos partidos que definiram nomes para disputar as eleições de outubro, três estados continuam com números em branco no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conhecido como Divulga 2014,  onde as informações sobre o pleito estão sendo concentradas. Goiás não tem sequer o número de governadores que devem participar da corrida eleitoral. No caso de São Paulo e do Paraná, apenas alguns dos dados enviados pelos tribunais regionais eleitorais foram alimentados.

     Depois que o TSE divulgar esse primeiro edital, os candidatos que foram aprovados em convenções mas que os partidos não pediram registro precisam procurar o TSE até o dia 12. A lista completa deve ser divulgada na próxima segunda-feira (14) e a previsão de assessores da Justiça Eleitoral é que todas as informações estejam disponibilizadas no sistema até o dia 20 deste mês.

Os pedidos de registro de candidatura à Presidência da República que são encaminhados ao TSE somaram 11 chapas. O prazo legal para esses requerimentos venceu no último sábado (5). Os registros de governador e vice, senador e suplentes, deputado federal, deputado estadual e distritais foram apresentados nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

     Até o final da manhã de hoje (9) Alagoas despontava com o maior número de candidatos ao governo do estado, com nove nomes. Na corrida pelo Senado, o Pará é o estado que, por enquanto, lidera o volume de candidaturas, com 11 nomes, seguido pelo Amapá, com 10.

     Entre os estados com maior número de candidatos a deputado federal está o Rio de Janeiro (996) e Minas Gerais (635). O Rio de Janeiro também é o estado com o maior número de candidatos a deputado estadual (1.718). No Distrito Federal, 987 pessoas disputam as vagas para deputado distrital. Como os números ainda estão sendo carregados, o ranking de candidatos deve mudar nas próximas semanas.

     A Justiça Eleitoral já dividiu entre os 32 partidos registrados no TSE o total do Fundo Partidário, formado por dinheiro de dotações orçamentárias da União, recursos financeiros destinados por lei e por doações de pessoa física ou jurídica. O volume total ultrapassou os R$ 25,6 milhões. O PT e o PMDB foram os que receberam a maior parcela do dinheiro, respectivamente R$ 4,1 milhões e R$ 2,9 milhões, seguidos pelo PSDB, que recebeu pouco mais de R$ 2,8 milhões.

     De acordo com a Lei dos Partidos Políticos (9.096/1995), 5% do total do Fundo Partidário são divididos igualmente entre os partidos e outros 95% são distribuídos proporcionalmente de acordo com o número de votos obtidos na última eleição geral para a Câmara.

Carolina Gonçalves - Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar

sábado, 5 de julho de 2014

Paróquia de Soledade divulga programação da festa da Padroeira

Por Manoel Neto


     A programação religiosa e social da festa da Padroeira Senhora Sant' Ana de Soledade foi divulgada na noite desse sábado 05. Será de 17 a 27 de julho. Para esse ano, o administrador paroquial padre Hermes incluiu algumas novidades. Na parte religiosa, a comunidade celebrará a padroeira , com várias atividades como Missas, Ofícios, Bênção do Santíssimo, procissão e missa com os vaqueiros, missa com os agricultores, missa com idosos e enfermos, missa com as avós, procissão dos motoristas, passeio ciclístico Pedal com Cristo.
Foto: Joselma Avelino
     

     Na parte social da festa, acontecerá quermesse e um momento especial para os casais. Todos os casais de namorados, noivos e esposos estão convidados para o Jantar para Casais, que será no dia 19.

     Padres de outras paróquias foram convidados para celebrarem com os paroquianos de Senhora Sant' Ana. 

      Confira abaixo toda a programação da festa da padroeira Senhora Santa Ana divulgada pela Paróquia:

       PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA E SOCIAL

16/07 - Missa de Nossa Senhora do Carmo (19h30)

17/07 - Abertura da festa - Ofício (5h30)
Procissão da Bandeira de Santa Ana (19h) 
Hasteamento da Bandeira (19h30)
Santa Missa - Pe. José Hermes (19h40)
Pastoral do Dízimo

18/07 - Ofício (5h30)
confissão individual com o padre José Hermes (9h as 12h)
confissão individual com o padre Hermes (14h as 17h)
19h acolhimento das comunidades de São Vicente e de Seridó
Santa Missa - padre André (19h30)
Pastoral Carcerária

19/07 - Ofício (5h30)
Acolhimento e procissão das comunidades de Cubatí (19h)
Santa Missa - padre João Batista (19h30)
Pastoral Familiar
Jantar para casais - namorados, noivos, esposos

20/07 - Procissão com os vaqueiros saindo da Fazenda Santa Tereza (8h)
Santa Missa com os vaqueiros (9h)
Passeio Ciclístico Pedal com Cristo (16H)
Procissão das comunidades de Olivedos (19h)
Santa Missa (19h30)
Catequese de jovens e adultos, EJC, JCFF e Jufra

21/07 - Ofício (5h30)
Santa Missa com os agricultores (10h)
Acolhimento e procissão das comunidades São José e Jesus Menino (19h)
Santa Missa - padre Rogério da Paróquia São Cristóvão (19h30)
Terço das Mulheres

22/07 - Ofício (5h30)
Missa com idosos e enfermos (9h)
procissão das comunidades Santa Bakhita e Santa Bernadete (19h)
Santa Missa (19h30)
Pastoral da Visitação 

23/07 - Ofício (5h30)
Procissão das comunidades São Francisco e comunidades rurais de Soledade (19h)
Santa Missa - padre Marcondes da Paróquia Nossa Senhora de Fátima (19h30) 
Terço dos Homens, OFS e Pastoral da Caridade

24/07 - Ofício (5h30)
Santa Missa (14h)
Adoração ao Santíssimo Sacramento (15h as 18h)
Bênção do Santíssimo (18h)
Procissão da comunidade Santa Terezinha (19h)
Santa Missa (19h30)
Apostolado da Oração e Pastoral Litúrgica

25/07 - Ofício (5h30)
Procissão dos motoristas e motociclistas saindo da capela de Santa Terezinha (19h)
Santa Missa (19h30) após a missa Bênção para os motoristas e veículos
Conferências da Sociedade de São Vicente de Paulo

26/07 - Santa Missa com as avós e descida de Santa Ana (7h)
Repique dos sinos e fogos (12h)
Ofício e bênção para as Anas (12h30)
Missa Solene (16h)
Procissão com Santa Ana (17h30)
Bênção do Santíssimo (18h30)
Quermesse

27/07 - ENCERRAMENTO DA FESTA 
Santa Missa e subida da Imagem de Santa Ana do Nincho (8h)
Pastoral do Batismo, Pastoral da Criança e catequese de crianças.

Com informações da Paróquia de Senhora Santa Ana











     

domingo, 29 de junho de 2014

Copa do Mundo - Classificação do Brasil foi garantida em jogo sofrido no Mineirão

Fonte: Agência Brasil
Elaine Patricia Cruz - Enviada especial Edição: Luana Lourenço

Muita gente apostou que seria um jogo difícil. E foi. As mais de 57,7 mil pessoas que foram ao Estádio Mineirão na tarde de hoje (28) presenciaram uma partida tensa, muito disputada no meio de campo e com direito à prorrogação e disputa por pênaltis antes da classificação do Brasil para as quartas de final da Copa do Mundo.  Também houve muitas jogadas polêmicas, o que fez com que a torcida questionasse muito, inclusive com vaias e palavrões, o comportamento do juiz Howard Webb em campo. “Ele está vendido”, gritava a torcida brasileira durante a prorrogação.

Apesar de sofrer em campo, o Brasil eliminou o Chile nos pênaltis, após o empate em 1 a 1 no tempo normal, com gols de David Luiz e Sánchez. Nos pênaltis, o goleiro Julio Cesar brilhou, defendendo duas cobranças. O chileno Jara completou a festa brasileira ao mandar a bola no travessão.

No começo, o que se ouvia dentro do estádio era uma profusão de gritos das duas torcidas. Os brasileiros arriscavam um “O campeão voltou” e “Explode coração”, enquanto os chilenos respondiam com o seu grito mais famoso: “Chi chi chi le le le, Viva Chile”. O estádio era, em sua maioria, verde e amarelo, mas o número de pessoas vestindo o vermelho da seleção chilena era também muito grande. Na execução dos hinos, a torcida chilena se surpreendeu ao ver seu hino ser vaiado pelos brasileiros. E mostrou respeito quando o hino brasileiro foi executado.

Durante a partida, a torcida foi ficando mais tensa e os gritos foram diminuindo dos dois lados. A torcida chilena só voltou a se empolgar antes do início da prorrogação. Mas também foi vencida pela ansiedade e o nervosismo.

O Brasil abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio de Neymar, Thiago Silva desviou de cabeça e a bola sobrou para David Luiz dividir com Vargas, que mandou para o fundo da rede. O juiz deu o gol para o brasileiro. David Luiz, que era dúvida na partida, se emocionou muito com o gol e o dedicou ao técnico Luiz Felipe Scolari.

Depois do gol, o Brasil passou a jogar mais recuado. Pressionando, o Chile chegou ao empate aos 31 minutos do primeiro tempo, após o Brasil ter errado na reposição de bola em sua área de defesa. Hulk errou na cobrança de lateral feita por Marcelo, Vargas roubou a bola, que acabou sobrando para Alexis Sánchez empatar o jogo. O gol animou a torcida chilena no Mineirão, que tentou abafar os gritos da imensa massa verde e amarela do estádio.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Brasil voltou a pressionar o Chile, com a melhor chance aos 42 minutos, em chute de Daniel Alves que o goleiro Bravo espalmou. Aos 45 minutos, o Chile teve uma grande chance com Sánchez, após uma falha de Luiz Gustavo na saída de bola. Na confusão dentro da área, a bola acabou sobrando para escanteio.

O segundo tempo começou com Fernandinho arriscando um chute de fora da área.  A bola passou próxima ao gol. Cinco minutos depois, Hulk fez um gol para o Brasil, mas o juiz invalidou o lance alegando que a bola tocou no braço do jogador antes de ir para o fundo da rede.

Aos 19 minutos, o Chile teve uma grande oportunidade com Aránguiz, que chutou forte e exigiu uma grande defesa do goleiro Julio Cesar.
Assim como na primeira etapa, o Chile manteve o controle e a posse de bola no segundo tempo e o Brasil encontrou muitas dificuldades para passar do meio de campo. Na metade do segundo tempo, o ritmo do jogo caiu bastante, com as equipes se arriscando pouco e criando poucas oportunidades de gol. A queda no jogo desanimou bastante a torcida no Mineirão, que só voltou a vibrar aos 35 minutos, quando Neymar arriscou de cabeça no meio do gol e Bravo defendeu.

Na primeira etapa da prorrogação, o Brasil entrou um pouco melhor em campo, mas com muitas dificuldades para enfrentar a defesa chilena. Com isso, poucos chutes a gol aconteceram. Na segunda etapa do tempo extra, já bastante cansados em campo, os jogo seguiu com poucas oportunidades. A grande chance da prorrogação só aconteceu aos 14 minutos, para o Chile, quando o chute de Piniilla explodiu no travessão.

Na cobrança de pênaltis, David Luiz, Marcelo e Neymar marcaram para o Brasil. Willian chutou para fora e Hulk teve a sua cobrança defendida por Bravo. Pelo Chile, Díaz e Aránguiz marcaram, mas o goleiro Julio Cesar fez duas defesas em chutes cobrados por Pinilla e Sánchez e, para alegria dos brasileiros, Jara errou a última cobrança mandando a bola no travessão.